[ 14 mensagens ] 

Índice do fórum : Áudio & Acústica (Audio Engineering Program - AEP) : Acústica em Áudio e Studio Design (AEP110)

Autor Mensagem
 Título: absorvedor de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionarias
MensagemEnviado: 06 Nov 2007, 13:43 
Bronze
Avatar do usuário

Registrado em: 27 Out 2007, 13:58
Mensagens: 117
Localização: Zürich - New York - São Paulo
Caros Acusticos

Nas nossas aulas de Acustica em Audio pregamos de usar os absorvedores de volume com muita caução e somente em casos extremas. Um exemplo disso seria tratar sobre-posições de frequencias das ondas estacionarias (normalmente os segundos harmonicos). Acreditamos que é muito dificil, com o tratamento com absorvedores de volume de equilibar o espectro sonoro.

Gostaria saber de vcs qual é a sua experiencia usando absorvedores de Volume (ou Resonadores de Helmholtz)?

Abs

_________________
Omid Bürgin ................ www.omidburgin.com
OMiDAcademia de Áudio .. www.academiadeaudio.com.br


Back to top
   
 
 Título:
MensagemEnviado: 06 Nov 2007, 18:37 
Avatar do usuário

Registrado em: 01 Nov 2007, 09:12
Mensagens: 29
Localização: Curitiba
Costumo utilizar de forma genérica em ambientes cujo refinamento acústico é pequeno, como em restaurantes e escritórios: um forro rebaixado de gesso acartonado perfurado, acrescido de lã de vidro de alta densidade.


Back to top
   
 
 Título:
MensagemEnviado: 16 Fev 2008, 11:08 

Registrado em: 15 Fev 2008, 15:40
Mensagens: 3
Olá,
Dentro da sugestão da Yoko, qual seria o diametro dos furos no gesso acartonado? e que frequencias ele absorveria melhor?


Back to top
   
 
 Título:
MensagemEnviado: 18 Fev 2008, 10:47 
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Out 2007, 09:52
Mensagens: 30
Localização: São Paulo, Brasil
Olá Siguimar, o diâmetro dos furos suas distâncias e profundidades devem ser calculados para atingir frequências específicas.
Há também algumas placas de gesso no mercado que já são perfuradas, quando o material é industrializado, é fundamental solicitar ao fornecedor os resultados dos ensaios de seu coeficiente de absorção.

_________________
Luiz Guilherme Martinelli
Arquiteto
OMiD international audio academy
http://audioacustica.com.br


Back to top
   
 
 Título: forro
MensagemEnviado: 21 Fev 2008, 09:55 

Registrado em: 15 Fev 2008, 15:40
Mensagens: 3
Obrigado pelo esclareciemnto Luiz, mas no caso do forro já estar instalado, posso fazer os furos, independente de ser gesso acartonado ou não?


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 31 Mar 2008, 12:24 
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Out 2007, 09:52
Mensagens: 30
Localização: São Paulo, Brasil
Olá Sigmar,
Se o forro está instalado e ele não servir para a isolação do seu ambiente, você pode sim fazer os furos. Só lembre-se de calcular seu absorvedor de volume antes de fazer os furos.
Para isso é importante verificar qual o espaço que você tem até a laje e calcular a câmara de ar como um todo.
Mesmo com o forro pronto você ainda pode acrescentar uma nova camada de gesso ou compensado para aumentar a espessura da sua membrana. Outra dica legal é trabalhar com com furos de diâmetros diferentes em pontos diferentes.

absorvedores de Volume sempre trazem bons resultados à salas, não tenha medo de testar essa solução, use a criatividade.

Abraço,

_________________
Luiz Guilherme Martinelli
Arquiteto
OMiD international audio academy
http://audioacustica.com.br


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 31 Mar 2008, 12:41 
Bronze

Registrado em: 29 Out 2007, 12:26
Mensagens: 243
Localização: São Paulo, Brasil
O cálculo dos absorvedores de volume deve considerar duas grandezas:
1. O volume de ar interno do absorvedor
2. O volume de ar do "gargalo" do absorvedor

No caso específico do gesso perfurado com vários furos espaçados, o volume interno seria o volume de um "recipiente virtual" que vai do gesso à laje (profundidade), de um furo até o terceiro na horizontal (largura) e de um furo até o terceiro na vertical (comprimento), tendo um furo central que é o gargalo.
O volume do gargalo é calculado através do diâmetro do furo e espessura do gesso.
Para auxiliar, veja o desenho abaixo:

--H--
o o o |
o O o V
o o o |

O furo central ("O" maíusculo) seria o gargalo e os furos que o rodeiam delimitam o recipiente virtual do absorvedor. Ou seja, o forro seria composto de vários absorvedores de volume justapostos, mesmo que não haja uma divisão física entre eles.

Para furos de diâmetro e espaçamento constantes, existem planilhas que já calculam a frequência central do absorvedor.

Abs,

_________________
Dennis Zasnicoff
Produtor Musical


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 02 Mai 2008, 10:53 

Registrado em: 15 Fev 2008, 15:40
Mensagens: 3
Obrigado, pessoal, agora é mãos a obra... :D


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 05 Jun 2008, 11:50 

Registrado em: 05 Jun 2008, 11:12
Mensagens: 2
Bom dia a Todos,

Desculpe intrometer no assunto, mas considerando sua importância e querendo colaborar um pouco mais na discussão da lista tive a oportunidade de encontrar este artigo, um tanto interessante, a respeito de uso de garrafas PET como ressonadores de Helmholtz.

http://www.sea-acustica.es/publicaciones/4350gf052.pdf

Apesar de não haver cálculos mais específicos das características acústicas das garrafas, achei interessante o uso, considerando o uso industrial da solução empregada.

Obrigado pela atenção.


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 11 Jun 2008, 16:45 
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Out 2007, 09:52
Mensagens: 30
Localização: São Paulo, Brasil
Olá Christian,
Muito legal você tocar no assunto!
Isso é uma coisa que insistimos bastante, TODO material é "acústico". não podemos nos limitar ao que é vendido ou especificado no mercado como "acústico", principalmente porque limitam nossa criatividade e o mais importante custam mais caro.
Obviamente que devemos dar preferência a materiais que possuem ensaios e consequentemente dados de absorção ou transmissão sonora confiáveis, é isso que permite os cálculos, mas não precisamos nos restringir a isso, podemos fazer experiência aplicando e testando os mais diferentes tipos de materiais para conseguir a acústica desejada.

Sugiro a você e a quem tiver essa curiosidade (já sugeri anteriormente na discussão sobre livros) que pesquise mais nesse livro: http://www.livifusp.com.br/produto_deta ... duto=28269 que é uma excelente referência para materiais alternativos e com dados obtidos em ensaios.

Aplique essas idéias em seu estúdio e depois nos conte o que descobriu.
Bom proveito!

_________________
Luiz Guilherme Martinelli
Arquiteto
OMiD international audio academy
http://audioacustica.com.br


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 12 Jun 2008, 10:32 

Registrado em: 05 Jun 2008, 11:12
Mensagens: 2
Luiz,

Muito obrigado pela dica, com certeza minha intenção é somar, pois, como você falou, muitos materiais podem ser utilizados como absorvedores ou difusores para alcançar a melhor ambientação acústica, desde que se conheçam as características acústicas destes materiais. O que muitas vezes é obtido na prática.

Obrigado pela atenção,

Abraço a todos.


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 06 Nov 2008, 17:49 
Avatar do usuário

Registrado em: 01 Nov 2007, 09:12
Mensagens: 29
Localização: Curitiba
Alguém já mediu a frequência que a garrafa de coca-cola atua? Procurei no Google, mas não achei nada...


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 07 Nov 2008, 14:06 
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Out 2007, 09:52
Mensagens: 30
Localização: São Paulo, Brasil
Oi Yoko, tenho os coeficientes de absorção de garrafas PET, serve?

Garrafas inteiras, vazias e de pé
125 250 500 1000 2000 4000
0,16 0,82 0,53 0,87 0,62 0,72

Garrafas com gargalo cortado e de pé
125 250 500 1000 2000 4000
0,12 0,31 0,27 0,32 0,34 0,72

Garrafas com gargalo cortado e de boca pra baixo
125 250 500 1000 2000 4000
0,93 0,64 0,45 0,56 0,48 0,54

fonte: Santos, Jorge Luiz Pizzutti dos - Estudo do potencial tecnológico de materiais alternativos em absorção sonora, Santa Maria : Ed da UFSM, 2005

_________________
Luiz Guilherme Martinelli
Arquiteto
OMiD international audio academy
http://audioacustica.com.br


Back to top
   
 
 Título: Re: <b>absorvedor</b> de Volume (Helmholtz) e Ondas Estacionaria
MensagemEnviado: 20 Nov 2008, 19:28 
Avatar do usuário

Registrado em: 01 Nov 2007, 09:12
Mensagens: 29
Localização: Curitiba
Oi, Luiz!
Muitíssimo obrigada por mais essa informação.
Abraços!


Back to top
   
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
   [ 14 mensagens ] 

Índice do fórum : Áudio & Acústica (Audio Engineering Program - AEP) : Acústica em Áudio e Studio Design (AEP110)


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron